Diário nem tão diário de crescimento: o Potter de 6 meses.

O Potter está lindo, leve e solto e cada mês que passa fica mais esperto. Não posso iniciar nenhum assunto antes de agradecer imensamente a Ana, veterinária que cuidou do Potter com certa frequência esse mês. Quem estiver lendo isso e precisar de um profissional para cuidar do seu catíoro aqui na região de Porto Alegre, todas minhas indicações vão a ela. 

Potter teve dois problemas que me tiraram o sono: uma espécie de sarna de ouvido, que fazia o pobrezinho coçar para caramba aquelas orelhonas, e infecção na pele. Essa última chegou a causar dor, febre e cheiro muito forte na parte da boca, foi a que mais me preocupou porque não encontrava nenhuma informação na internet que batia com os sintomas dele. Beagles são bem propensos a terem problemas de pele mas não imaginava que isso aconteceria tão rápido. Foi um desespero mas corri direto para o consultório da Ana. No problema de sarna, ela sugeriu usar o revolution e limpeza bem intensiva. No problema da infecção, foi usado amoxicilina. O que mais gostei nela foi a forma como o tratamento foi gerido: a Ana pensa se o problema pode ser resolvido de forma mais natural, sem o uso direto de remédios e todos esses químicos.


Curado e com a saúde em dia, o pequeno Potter, que já não é tão pequeno assim, continua com todas as baterias carregadas. Ele chegou até a adotar uma profissão esse mês, chamo ela de guarda do cocô. Sempre que saio do banheiro, lá está o Potter, sentadinho na porta me esperando. Todos os domingos, por volta das 10 horas da manhã, ele vai até a porta do meu quarto e começa a tentar me acordar (ele sempre consegue). Abro a porta e lá está ele, deitado, balançando o rabinho. É como se fosse um convite para o dia ser bom, sabe? 

Nesse mês pensamos em uma forma de substituir os jornais das necessidades dele, já que moramos em apartamento e precisamos compactar os espaços. Optamos por tentar utilizar um sanitário para cachorro, não coloquei muita fé, mas no primeiro dia o Potter estava fazendo xixi e cocô ali (tudo bem que as vezes ele mira e não acerta, mas entendemos que ele teve a intensão de fazer no local certo). Não desapegamos do jornal, já que ele ainda vai por cima do sanitário, mas o uso dele diminuiu drasticamente, o que já é um grande progresso. 

Ah! sempre optei por dar banho no Potter em casa, mas como a Ana atende dentro de um petshop, resolvi fazer essa experiência. No começo ele ficou muito nervoso, depois queria comer o vento que saia dos secadores. Se eu tenho um arrependimento na criação do Potter é não ter tirado uma foto quando ele saiu de lá, com adesivo de osso na perna e cachecol roxo. (É claro que o cachecol não durou 10 minutos no pescoço dele, faz parte, é o gene destruidor).

Hoje o Potter já está com 10 quilos (quase 11) e está se especializando na arte de roubar comida de cima da mesa - deve ser por isso que ele fica olhando para a ração dele com cara de "que droga é essa que tu tá me servindo, humana?". Esse catíoro pegou o hábito de descansar comigo depois das 13hrs e assim que sento no sofá ele já se aconchega e solta um suspiro que diz "estou pronto para dormir". O relacionamento do Potter com sua giraffa de pelúcia está evoluindo e acredito que daqui alguns meses rola um casamento (se a pelúcia não ficar grávida antes). Apesar dos sustos que me levaram correr para a veterinária, ele chegou aos 6 meses saudável, pulando, roendo chinelos e convidando todo mundo para brincar. 


E tu, tem um catíoro? como foi os 6 meses dele?


8 CM:

  1. Eu sou louca para ter um Beagle.
    Eles são bem teimosos, não são? hahahaha
    Potter é muito fofo e me apaixonei por ele *_*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clayci. São bem teimosos sim, mas na mesma proporção carinhosos então a gente meio que se esquece de todas as travessuras. ♥ Obrigada por passar aqui.

      Excluir
  2. Omg seu bebezao com 10kg e eu sofrendo com a Flocos que chegou a 5kg com 3 meses haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha. Saudades de quando ele pesava 5kg ♥

      Excluir
  3. haha Cachorros são uns amores mesmo! Mas essa de esperar sair do banheiro foi a melhor! rsrs'
    A minha cachorrinha também tem seu pelúcia de estimação rsrs mas não é uma girafa, sim um ursinho mesmo rsrs
    Meu pai era louco para ter um Beagle também, mas por morarmos em apartamento achamos melhor ter um mais calminho rsrs Aí que veio a Violeta <3 Minha dog, shitzu!
    Adorei esse tipo de post! Vai amar o Potter cada dia mais <3

    bjos (amei o layout do seu blog!)

    http://aninhamorando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aninha.

      Eles gostam de ursos de pelúcia né? Ou eles vão roer tudo até tirar as espumas ou vão manter inteirinhos e ter um relacionamento sério, hahaha. Shitzus são muito fofos, vou passar no teu blog para saber como é a Violeta.

      Obrigada por passar por aqui, fiquei bem feliz com teu comentário ♥

      Excluir
  4. AÍIIII QUE LINDO... KKK, Eu tambem tenho um cachorrinho, peguei ele na rua, tambem tive problemas com ele mas isso não entra ao caso, pode ter ceteza que eu vou acompanhar esse diario ahha gostei do blog do cachorro e do jeito que você escreve, beijos - Andr Aguiar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digo que catíoros são que nem crianças, ainda mais quando estão a pouco tempo com a gente - tem todo um processo de adaptação. Legal que tu gostou do diário do Potter, volta mais vezes por aqui, adorei a tua visita. ♥

      Excluir