[RESENHA] A saga Harry Potter

Gosto tanto de Harry Potter que o nome do meu catíoro é Potter. 90% do mundo já deve ter visto os filmes ou folhado os livros mas falar dessa saga é essencial aqui no procura-se ideias, já que se trata dos exemplares que iniciaram minha jornada no mundo literário. 

A cena é bem nítida da minha memória. Era inverno, eu tinha uma poltrona no quarto e a encomenda do submarino tinha chegado. Abri a caixa com os livros, peguei o primeiro e comecei a amar Hogwarts como se fosse a minha casa. Minha mãe batia na porta de hora em hora para ver se eu ainda estava viva. Juro que só saia do quarto para ir no banheiro e me alimentar. Bons tempos ♥

A saga Harry Potter foi escrita pela linda da J.K Rolling e conquistou o coração de milhares de jovens (e adultos também). São 7 livros, com um oitavo preste a ser lançado no Brasil. Há outras 3 edições oficiais que são paralelas a história. Além disso tudo, depois do final da saga foi lançada a plataforma virtual Pottermore, que conta com a participação de leitores para completar histórias, além de trazer de tempos em tempos partes do livro ou histórias aleatórias escritas pela própria J.K, resumindo: é muita coisa para ler. 



A história fala de Harry, e de como dele descobre o mundo bruxo. O garoto é órfão de pai e mãe, logo, mora com sua tia Petúnia, seu tio Válter e seu primo Dudley. Todos escondem dele a verdade sobre seus pais e tratam o garoto com desprezo, chegando a deixar o pequeno dormir em uma peça embaixo da escada. Harry começa a receber cartas para estudar na escola de magia de Hogwarts (sempre esperei a minha carta, ela nunca chegou). Para evitar a correspondência, seus tios chegam a mudar de casa. Nada adianta pois Hadrid, guardião das chaves e do território de Hogwarts, o encontra em seu oitavo aniversário e lhe conta toda a verdade escondida. O garoto decide seguir o grandalhão Hadrid para a escola e viver finalmente a sua vida. A história segue nos 7 livros e sim, vou contar o enredo de cada um.


1 - HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL:
É nesse livro que temos acesso a história de Harry. Junto com o garoto descobrimos que desde cedo sua vida está marcada. Ele sobreviveu ao ataque de Voldemort, o maior bruxo das trevas que já existiu, quando ainda era um bebê. Seus pais morreram para lhe salvar e Potter saiu do ataque apenas com uma cicatriz na testa. Com 11 anos, descobrindo a suas origens, ele começa seus estudos em Hogwarts, que tem como diretor o amadíssimo Dumbledore ♥ É lá que Harry conhece seus dois melhores amigos, Hermione e Ronald Weasley. 

No começo do ano letivo, os alunos da escola precisam passar pelo chapéu seletor para descobrir qual casa irá os acompanhar durante sua vida escolar. Há 4 casas: Grifinória, Sonserina, Corvinal e Lufa-lufa. Cada uma delas possui uma característica diferente. Hogwarts é cheia de mistérios e cada livro carrega uma aventura, onde Hermione, Ron e Harry precisam embarcar. Nesse primeiro livro eles desvendam o mistério da Pedra Filosofal, que tem o poder da vida eterna. O trio enfrenta muitos desafios para descobrir onde se encontra esse objeto tão importante, ao mesmo tempo que descobrem mais sobre como será a sua vida na escola entre treinos de quadribol e sua inimizade com Draco Malfoy. 



2 - HARRY POTTER E A CÂMARA SECRETA:
Harry recebe a visita de um Elfo Doméstico que o avisa para tomar cuidado. Depois das férias, o garoto retorna a Hogwarts junto com os weasley e de cara é surpreendido pelo seu novo professor de arte das trevas, o peculiar Gilderoy Lockhart. Nesse livro percebemos a atração de Gina por Potter, a garota inicia os estudos na escola mas desde sempre ouviu histórias sobre o garoto que sobreviveu. A amizade de Hermione, Ron e Harry cresce a cada dia e a cada página descobrimos magias diferentes e lugares fantásticos dentro do castelo. Em uma de suas aulas, Harry percebe que consegue se comunicar com cobras. Nem tudo é alegria e Hogwarts começa a sofrer com alunos que desaparecem e reaparecem petrificados. Estudando o caso dos desaparecimentos, Harry descobre o diário mágico de Tom Riddle. O garoto fica encantado mas nem desconfia que o objeto pertenceu a Lord Voldemort, quando este ainda era um aluno da escola de magia.

Gina desaparece e juntos, os três descobrem a entrada para a câmara secreta, possível local onde o mal que afeta a escola se esconde. Lá eles se dão de cara com uma cobra gigante que é comandada por nada mais nada menos que Tom Riddle, ou seja, Voldemort. Descobrimos que o bruxo das trevas não morreu totalmente, apenas perdeu a sua forma física. Ele continua vivo através de horcruxes e está tentando retornar ao mundo. Ron, Hermione e Harry enfrentam o bruxo para salvar Gina mas o clima na escola muda totalmente com a perspectiva de volta do bruxo das trevas. 

3 - HARRY POTTER E O PRISIONEIRO DE AZKABAN:
Quem pensava que o Harry não tinha família se engana nesse livro. O pequeno bruxo briga com sua tia Petúnia e seu tio Válter nas férias. Enquanto foge de casa e tenta chegar em Hogwarts através do Nôitibus Andante, Harry recebe a notícia de que um bruxo muito perigoso fugiu de Azkaban (uma prisão onde deveria ser impossível de escapar). Com um fugitivo a solta, o cuidado nas ruas aumenta e é nesse momento que surge na história os dementadores (criaturas frias e cruéis, que são capazes de retirar todo o sentimento de felicidade de uma pessoa). Eles cuidam de Azkaban e procuram o perigoso Sirius Black. No caminho até a escola, Harry se depara com um deles e de cara lembra de Voldemort (no final, descobrimos que os dementadores e o Lord das trevas estão diretamente ligados). 

A atmosfera desse livro é cheia de tensão por conta da fuga de Sirius e todos na escola de magia redobram seus cuidados. Harry começa a conhecer mais sobre sua família e sobre a ligação de sua mãe com o professor Snape (Ah! Snape ♥) que por acaso trata Harry com muito desprezo. O garoto e seus amigos se surpreendem quando descobrem que Black é na verdade padrinho de Harry, que não é perigoso e foi preso injustamente após ser acusado de ser partidário de Voldemort, além de ter entregado a localização de Lilian e Tiago Potter, o que resultou em suas mortes. Hermione, Ron e Harry são apresentados a história da Ordem da Fênix, antiga organização de bruxos que lutavam contra Voldemort (Sirius, o pai e a mãe de Harry, além de outros bruxos amigos que conheceremos mais a diante faziam parte desse grupo). Os garotos também conhecem os criadores do mapa do maroto: Sirius, Tiago, Rabicho e Remo. O mapa que mostra toda a extensão de Hogwarts, além de indicar quais pessoas estão circulando pelos corredores. 

Após fugir de Azkaban, Sirius procura Rabicho para se vingar. Seu antigo melhor amigo inventou toda a história que o levou a passar anos preso injustamente. Potter, Hermione e Ron ajudam Black a chegar até seu ex-amigo sem que ninguém perceba. No final, eles descobrem que o pequeno homem com cara de rato trabalha para o perigoso bruxo das trevas.




4 - HARRY POTTER E O CÁLICE DE FOGO:
Depois das férias (porque todos os livros começam com os alunos voltando das férias) o evento mais esperado de Hogwarts é o torneio Tribruxo. Um campeonato entre escolas de magia do mundo todo, onde os competidores representantes de cada instituição são escolhidos através do Cálice de Fogo. São três escolas participantes e cada uma obrigatoriamente deve ter apenas um aluno competidor. O torneio não acontecia a centenas de anos por representar risco de vida aos participantes, mas com novas regras foi adotado novamente como atividade.

Todos os alunos que se sentissem aptos a participaram da competição deveriam colocar seus nomes no cálice, que estava protegido por um feitiço que proibia menores de 17 anos de entrar na competição. Com isso, Harry deveria automaticamente estar fora de qualquer escolha, mas é claro que na hora de ver quem o cálice escolheu para competir, o nome de Harry sai como escolhido para representar sua escola, assim como o nome de Cedrico Diggory. As outras instituições se revoltam por Hogwarts ter dois competidores quando só seria permitido um. No final, todos concordam que a escolha do cálice deveria ser soberana. 

Sendo o torneio tribruxo muito perigoso a vida dos participantes, será esse um plano de Voldemort para acabar com os dias de Harry? 

No final, o garoto passa por cada fase da disputa e cresce no torneio. Em cada etapa ele conta com a ajuda de seus amigos e também precisa vencer o ódio de seus adversários. O desfecho de toda a história é conhecido na prova final, onde todos os participantes precisam enfrentar os perigos de um labirinto que possui no final o troféu do torneio. Harry e Cedrico chegam juntos no final do labirinto e ao tocarem no objeto são automaticamente transportados para outro lugar. Eles vão para um cemitério onde Rabicho prepara uma cerimônia meio macabra para trazer de volta a vida física Lord Voldemort, que até então só assombrava a história de forma meio enfraquecida. Para que ele finalmente tenha um corpo, é necessário que todos os passos de um feitiço seja cumprido: "osso do pai tirado de sem consentimento, sangue do inimigo tirado à força e carne do servo dada de bom grado, O lorde das trevas retornará, outra vez. 

Cedrico morre e através do sangue de Harry, Voldemort renasce.



5 - HARRY POTTER E A ORDEM DA FÊNIX:
Harry fica isolado dos amigos nas férias, com pouca comunicação com seu padrinho, Hermione e Ron. O que não ajuda nada ao ter que enfrentar o clima da sua casa. Para ajudar, o bruxo começa a ter pesadelos que parecem mais realidade envolvendo Voldemort. Isso acaba perturbando mais Potter, que já é um adolescente. Não é atoa que o nome desse livro é a Ordem da Fênix. Se no exemplar anterior conhecemos a história desse grupo é agora que vamos entender como e para que ele foi formado. Voldemort volta mas muitos bruxos não acreditam que isso seja verdade. A culpa de toda essa descrença é do ministério da magia, que jura que essa história é invenção do garoto. Eles acabam por fim controlando o Profeta Diário (principal jornal do mundo bruxo) e colocam todos contra os argumentos de Potter. Com a morte de Cedrico muitas coisas mudam na escola de magia de Hogwarts e para Harry, a pior coisa é a chegada de Dolores Umbridge, nova professora de defesa contra as artes das trevas, indicada a lecionar na instituição pelo ministério da magia. Essa mulher é um terror e foi implantada na escola para espionar Dumbledore, já que o ministro da magia pensa que o diretor está tentando tomar o seu lugar, formando um exército de bruxos. Coisa de louco.

Para evitar que um exército seja formado, Umbridge retira a prática da cadeira de defesa e apenas passa um ensino teórico aos alunos. Com o Lord das Trevas a solta Harry se rebela contra os ensinamentos e acredita que para enfrentar o bruxo os alunos precisam aprender muito mais do que teorias. Muitos que acreditam em Harry embarcam na ideia e formam a Armada de Dumbledore, um grupo de alunos que buscam em Harry a saída para aprender mais sobre defesa contra as artes das trevas (ninguém melhor, já que o garoto sempre está envolvido com o assunto - desde que nasceu). Os encontros são secretos e Harry é vigiado 24 horas por dia, a mando do diretor da escola, que percebe que o garoto corre grandes riscos de vida com a volta do bruxo das trevas. Snape, que nos outros livros parecia mais um partidário de Voldemort, mostra-se diferente de tudo que pensamos. Ele na verdade é fiel a Dumbledore e a seu amor pela mãe de Harry, devido a esse último motivo, ele promete proteger o garoto ♥ Nesse livro pode-se perceber bem a mudança dos rumos da história. Hermione, Ron e Harry não saem mais em uma aventura como antes. Estão amadurecendo e esse exemplar parece ser dedicado aos conflitos internos de cada um. É o exemplar mais longo até então e o que me fez chorar para valer, já que alguém muito próximo do Harry morre...

6 - HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRÍNCIPE:
Depois da morte de Sirius Black encontramos um Harry bem mais amadurecido nesse livro. Em "A ordem da Fênix" o bruxo que não é mais pequeno tem conhecimento de uma profecia que irá definir o seu destino. Ele é a chave para novamente derrotar Voldemort. Com tanta coisa acontecendo: luto, profecias, um pé na bunda de Cho e Ron&Hermione brigando por ciúmes, o garoto fica com a cabeça muito fraca e propensa a ser invadida. Isso mesmo. Voldemort começa a usar seu laço com Harry para confundi-lo mentalmente. (os dois possuem um laço, tanto pela varinha, tanto pelo atentado de muitos anos atrás). Finalmente Dumbledore começa a dar aulas especiais para Harry e conhecemos aqui a penseira, é através dela que os pensamentos podem ser compartilhados e assim conhecemos melhor a história de Harry, de Voldemort e também do diretor de Hogwarts. Tudo começa a ficar complexo. Para conseguir banir a presença do Lord das trevas nos pensamentos de Harry, Dumbledore convoca Snape para lhe ajudar a bloquear pensamentos. São nesses momentos que o garoto e o homem que amou sua mãe começam a se conhecer melhor (isso não significa que eles se aproximam). Além de todos esses dilemas internos, é claro que sentimos falta de uma aventura certo? Em uma de suas aulas, depois de esquecer seu livro na torre, Harry toma emprestado um livro na prateleira da sala de aula. Não é um livro comum. "O príncipe mestiço" era o dono do exemplar e o garoto se surpreende com as anotações. Todas as respostas e feitiços únicos estavam rabiscados no livro. Harry passa a não desgrudar das anotações e tenta aprender o máximo do que está escrito ali. O que o garoto não sabe é que esse objeto pertence a Snape, o que acaba afastando os dois ainda mais. Draco é escolhido por Voldemort para matar Dumbledore, mas quem faz o trabalho sujo no final de tudo é Severo Snape. Sim, o mentor de Harry morre e essa morte meio que me tornou órfã literária. 

7 - HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE:
Depois da morte de Dumbledore, Hogwarts é comandada pelo ministério da magia e isso causa a revolta de muitos estudantes. Ninguém mais está seguro. Harry, Ron e Hermione precisam descobrir sozinhos onde estão as horcruxes que mantem o Lord das trevas vivo. Somente destruindo todas elas haverá esperanças de derrotar o bruxo. Falar das relíquias da morte é falar da morte de um dos weasley, é falar de Hermione apagando a memória dos seus pais para poder mante-los seguros. É falar de amizade, já que Harry jamais estará sozinho com seus amigos do lado. Vivemos aqui o dilema, a quem realmente Snape é leal? Ron e Hermione finalmente juntos, assim como Gina e Harry. Depois de fechar esse livro parece que fechei uma das melhores partes da minha vida. Me senti junto com os personagens das alegrias e nas tristezas e ainda sinto muita saudade dessas páginas quando falo delas. É um livro que se passa longe dos muros de Hogwarts, mas que busca manter Hogwarts viva. 




Deixe sua opinião