As alegrias da feira do livro

Já está marcado no calendário: todo o ano é obrigatório passar alguns minutos - ou horas - na feira do livro aqui de Porto Alegre. Sempre gostei de livros e nunca tive muito variedade de livrarias na minha cidade natal. Isso limitava muito meu acesso aos exemplares e como não tinha prática em comprar nada pela internet ficava dentro da minha caverna - e da biblioteca municipal peneirando as prateleiras. 

Enfim me mudei para Porto Alegre e além de inúmeros sebos e livrarias aqui também tem uma GRANDE feira do livro todos os anos. Transbordei de alegria em encontrar exemplares sendo vendidos a quinze reais e também por participar de algumas oficinas que eram oferecidas no local. Com o avanço da faculdade e das responsabilidades, não pude mais gastar tanto tempo no mundo literário, mas sempre tento marcar presença na feira para ver quais são as novidades da vez. Independendo de qual é o best seller mais vendido, há coisas que são sempre legais para aproveitar na feira do livro. Abaixo listo algumas atividades que todo leitor voraz tem que fazer. 



1 - PENEIRARRRRRR:
Todo leitor deve participar da corrida em busca do livro perfeito barato. Cada livraria tem um balaio com livros não tão procurados e seus valores podem variar de 20, 15 ou até mesmo 5 reais. Na última feira do livro estava atrás da saga desventuras em série (sem sorte, não encontrei todos os livros) mas vi um exemplar em balaios de 10 reais. Pena que outra jogadora/leitura da corrida pelo livro perfeito passou na minha frente e levou para casa o exemplar que eu queria. 

2 - PARTICIPAR DE OFICINAS
Há oficinas bem interessantes na feira do livro. Oficina de escrita criativa, de criação de conteúdo para estudantes de jornalismo e até aulas de como limpar bem seus livros. Admito que ano passado, 2015, a edição estava mais rica nesse quesito. Sentíamos a feira mais viva e cheia de atividades diante de nós. Mas mesmo com a drástica queda, ainda resta algumas oficinas legais e acima de tudo, gratuitas, para participar. 

3 - DÁ PARA CONSEGUIR UM AUTÓGRAFO OU BATER UM PAPO
Tem muuuuuuchos livros novos sendo lançados em época de feira do livro e os autores vão até o local participar da sessão de autógrafos. É possível ver escritores conhecidos por lá, mas a grande maioria está iniciando agora ou tem seu primeiro exemplar lançado. Quem tem interesse em seguir nessa área, é bem interessante deixar a timidez em casa e bater um papo com esse pessoal.


4 - PARA E ESCUTA UM SOM AO VIVO
Quando há muitas pessoas aglomeradas em um local é certeiro que vamos encontrar duas coisas: pipoqueiros e artistas de rua. As barracas de pipoca estão sempre lotadas mas muitas pessoas passam reto pelos artistas de rua. Tem muita gente tocando um som legal para agradar quem passa pela feira. Artistas nacionais e muitas vezes internacionais. Antes mesmo da famosa moedinha vale muito a pena parar a escutar o talento desse pessoal - que é grande. 


5 - PROMOÇÕES
O triste da feira é que os livros não são baratos. Depois de acabar com todas as tuas esperanças de encontrar best sellers pelo preço de banana, elevo suas expectativas dizendo que: tem dias que rola promoções. Se tu tem tempo pode passar uma tarde toda passeando pelos corredores da feira. É certeiro que em algum momento tu vai ver uma plaquinha acusando a saga que tu sempre quis está com um valor acessível. Vale a pena a espera. 



Mesmo com a feira do livro acabando logo, dia 15 de novembro, vale a pena passar por lá nem que seja para dar uma olhadinha. Toda a praça da Alfândega fica lotada de gente e é muito legal ver que o exemplar digital ainda não substituiu o físico. Eaí, já foi na feira? Que livro levou para casa? 


Deixe sua opinião